Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, JUNDIAI, Mulher



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
 
Os quarentões


Amor

Por Cris Arcangeli - http://crisarcangeli.virgula.uol.com.br/?p=34

AmorPor mais que o poder e o dinheiro tenham conquistado uma ótima posição no ranking das virtudes, o amor ainda lidera com folga.

Tudo o que todos querem é amar, encontrar alguém que faça bater forte o coração. E justifique loucuras, que nos faça entrar em transe, cair  de quatro. Que nos faça revirar os olhos, rir à toa, cantarolar dentro do carro e voltar a ouvir música.

Mas aí vem o medo. E depois que acabar esta paixão, sobra o quê? O amor verdadeiro, ora!

Não aquele amor mistificado, que muitos julgam ter o poder de fazer levitar. O que sobra é o amor que todos conhecemos.

O mesmo sentimento que temos por mãe, pai, irmão e filho. É tudo o mesmo amor, só que entre amantes existe também o sexo que traz algo mais,  envolvimento e cumplicidade.

Dizem que não existe vários tipos de amor, assim como não existem três tipos de saudades, quatro de ódio, seis de inveja…

O amor é único, como qualquer sentimento. Seja ele destinado aos familiares, ao marido ou a Deus.

O que existe sim são várias formas diferentes de amar pessoas diferentes. Cada relação é uma, única e especial. Uma história que  nunca vai poder ser reproduzida com outros personagens.

A sedução numa relação deve ser ininterrupta, o charme e as brincadeiras também.

O que não podemos é deixar a rotina estragar tudo!

O sucesso de um casamento exige mais do que declarações românticas pois, por não haver garantia de durabilidade, qualquer alteração no tom de voz nos fragiliza e de cobrança em cobrança acabamos criando inseguranças e mágoas as vezes difíiiiiiiiiiiiceis de tirar.

É importante quando acaba a paixão saber passar pela decepção, que é inevitável a todas as relações.

Sabe aquela coisa de vassoura nova varre bem ?

Pois é, acontece  quando você começa a descobrir os defeitos do outro é ai que vem a decepção, que se não for muito e bem conversada abertamente, pode por tudo a perder.

Entre duas pessoas que resolvem dividir o mesmo teto tem que haver muito mais do que amor. É preciso que haja, antes de mais nada, respeito, agressões zero, disposição para ouvir, sensibilidade, paciência e fidelidade. É sim fidelidade!!

Pois quando alguém se abre para conhecer mais intimamente outra pessoa, sua disposição para ouvir, seduzir e criar para a relação antiga  fica comprometida, fora o ressentimento e todo resto que vem junto, portanto………………….. fidelidade é sim importante!

Temos que resistir aos maus momentos sem nos encantarmos com a galinha do vizinho, que aliás é sempre aquela que bota os ovos coloridos.

Senão, acabamos nos apaixonando um monte de vezes e arriscamos acabar sozinhos. Xiiii,conheço um monte de gente assim.

Resumindo, só o Amor não basta!

Não poderá haver competição, nem comparações, ciúmes demais também é péssimo, tem que ter muito bom humor para enfrentar imprevistos, acessos de carência, infantilidades, problemas no trabalho.

Tem que saber levar…………..

Tem que ter jogo de cintura e saber que não podemos ter o melhor de todos os mundos.

Casar é abrir mão, muitas vezes, do chopp com os amigos, da viagem com as amigas, daquela festa mais legal, pois o filho está doente.

Um grande amigo já dizia não dá para comer o bolo e ficar com ele. Portanto amar só é pouco, tem que haver inteligência para enfrentar rejeições, contas para pagar. Tem que ter disciplina para educar os filhos, dar exemplo e não gritar jamais!

Não basta só amar! Tem que ter silêncio, amigos de infância, viagem, vida própria e um tempo para cada um. É preciso entender que união não significa fusão.

Tem que haver confiança. Um certa camaradagem e muuuita sacanagem. As vezes fingir que não ouviu ou não viu. Viu como amar, só, não basta!!

O Amor é grande, mas não é dois. É preciso convocar uma turma de sentimentos e muita inteligência para amparar esse amor. Bom amor para todos, pois não tem experiência melhor na vida.

E até a próxima!



Escrito por Lourdes às 10:38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Ser mãe aos 40 está se tornando uma tendência. Foto:realizanews.com.br

Gravidez depois dos 40 anos

É possível gozar de uma gravidez saudável depois dos 40?

Sim. Mas é preciso tomar algumas precauções tanto psicológicas quanto físicas, acompanhe:

Um cuidado especial com a ansiedade deve ser tomado, que pode ser passada inclusive para o filho. Aos 40 anos a mulher está no limite de seu período reprodutivo e a mulher que espera até este limite do corpo para engravidar, tem uma tendência a desenvolver um grau de proteção excessiva com o filho, tornando-se mães sufocantes, pois, inconscientemente, seus filhos são tesouros que demoraram a serem conquistados.

O perigo da Endometriose

Um dos problemas comuns em gestações tardias ou aquelas que ocorrem por volta dos 40 anos é a endometriose, que atinge cerca de 10% a 15% das mulheres em idade reprodutiva, sendo o fator responsável por 50% dos casos de infertilidade feminina.
A endometriose é a presença do endométrio, um tecido que recobre o interior do útero em outros órgãos como ovários e trompas. Este tecido é normalmente expelido na
menstruação.

Por volta dos 40 anos, a incidência de doenças clínicas é maior. Ginecológicamente há também uma grande preocupação com o aparecimento de miomas, que costumam surgir em 40% das mulheres acima dos 40 anos, sendo que só 10% apresentam sintomas, como sangramento e aumento excessivo de cólicas.

Cuidados para uma boa gestação

A gravidez aos 40 anos deve ser bem planejada para que só traga alegrias à família. O Dr. Mário indica o início do uso do ácido fólico seis meses antes de consumada a gravidez, estendendo esta medicação até a 14ª semana de gestação. A função do ácido fólico é prevenir defeitos de fechamento do tubo neural fetal e assim garantir uma boa formação da medula espinhal e do cérebro do bebê.

A crescente chance de crianças com problemas cromossômicos, que pode resultar em doenças como a Síndrome de Down, também é constatada aos 40 anos. A realização de um exame chamado Ultra-sonografia Obstétrica Morfológica de Primeiro Trimestre com Translucência Nucal pode ajudar a diagnosticar algum problema deste tipo.

Segundo o ginecologista, neste exame é medida a região da nuca do bebê para que se saiba a espessura da pele que, se aumentada acima de 3 mm, pode ser sintoma deste tipo de problema. Um pré-natal bem feito e com um menor intervalo entre as consultas é muito importante para garantir tranqüilidade, vida ativa e muita saúde para mãe e filho.

http://www.gestantes.net/



Escrito por Lourdes às 17:04
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Crise dos 40

O tema dos 40 anos é bastante abrangente, englobando, não só mulheres com dificuldades nesta idade, como também  homens questionando e tentando solucionar problemas e dúvidas que surgem nesta etapa de suas vidas. Em pesquisa recente foi constatado que a maioria das separações, que eram iniciativa do marido, se dava dos 40 anos em diante.

Enfim, o que acontece com as pessoas que faz 40 anos?
Talvez a transição dos 40 anos seja mais um dos ritos de passagem como a adolescência, em que não se é mais tão jovem, porém ainda não se é velho. Portanto temos que cuidar melhor desta fase de transição tão delicada e tão importante como todas as outras.

Adolescentes são mais problemáticos, pois estão no meio do caminho entre a infância e a fase adulta. Nesta fase a vigilância precisa dobrar, pois é a fase da experimentação. Algumas pessoas se tornam mais ousadas e impulsivas, de certa forma, experimentando uma adolescência tardia. Aos 40, experimentamos sucessos e fracassos, e podemos nos "viciar" em apenas um deles.

Podemos nos considerar grandes vencedores e não reparar mais em nossos erros. Porém neste momento, esta "imaturidade" é inaceitável. É hora de questionar nossas verdades, olhar com mais carinho para nossos erros e aprender com eles. Ou podemos nos atolar em nossos fracassos e passar o resto de nossa vida lamentando o que não fizemos, sendo esta, outra forma de "imaturidade". Podemos ousar com mais experiência e de forma controlada, resgatando coisas que não fizemos. Portanto, tomar mais cuidado e tratar com muito carinho as crises que aparecem após os 40, é tão indispensável quanto usar cremes, fazer ginástica, ir ao dentista...

Fonte: http://www.psiqnet.med.br

 



Escrito por Lourdes às 22:09
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Emagrecendo depois dos 40 anos

Mulheres entre 40 e 50 anos necessitam por volta de 300 a 500 calorias a menos por dia do que precisavam aos 20 anos para manter seu corpo. Essa resposta da estrutura física se deve às alterações metabólicas em função da idade. O correto é manter a alimentação equilibrada e saudável orientada por um profissional. Reduzir a ingestão de calorias inadequadamente e incorporar à rotina a prática de exercícios com constância são as melhores maneiras de evitar o aumento de peso nesta faixa etária.

Qualquer atividade física regular e bem direcionada possibilita resultados satisfatórios que contribuem para perda calórica. Segundo Targat, andar rápido triplica o gasto energético em relação ao que é consumido em repouso, assim como nadar vigorosamente aumenta o gasto calórico quatro a cinco vezes e subir degraus ou andar de bicicleta eleva-o em seis vezes. Exercícios físicos aeróbicos, como caminhadas, body jump, danças e uso de bicicleta são os mais indicados para quem deseja emagrecer, porém sempre associados a atividades para ganho de massa muscular como a musculação.



Escrito por Lourdes às 17:38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Pai depois dos 40

A preocupação em engravidar antes dos 30 anos é conhecida entre as mulheres: os óvulos não são produzidos por toda a vida e envelhecem, os riscos de alteração genética no bebê crescem à medida que a mulher se torna mais velha. Mas se era uma preocupação exclusivamente feminina, agora o relógio biológico dos papais também parece soar. Estudos apontam o declínio e envelhecimento do esperma afirmando que, quando o homem completa 40 anos, já alcançou seu prazo limite para procriar. No entanto, nadando contra a corrente biológica, muitos homens têm optado pela paternidade tardia.
O aumento da expectativa de vida, a medicação para disfunção erétil, as informações na mídia sobre como nos cuidarmos para termos uma velhice mais saudável propiciaram ao homem rever seus valores perante a paternidade. É comum que ao longo dos anos, esses homens tenham conquistado estabilidade financeira e um desenvolvimento emocional que os faz dispostos a assumir um filho.
Assumir a paternidade tardiamente pode trazer inúmeros benefícios a ambos, pai e filho. A maturidade advinda de mais experiências e vivências beneficia a paternidade que pode ser vivenciada em plenitude quando o homem já se encontra em uma idade avançada.
O importante é que a criança seja realmente desejada e amada pelos pais e não uma exigência da esposa ou uma prova de virilidade para a sociedade. O mundo está mudando constantemente e homens e mulheres têm se adaptado a uma nova realidade em relação aos papéis parentais. O homem não é mais visto como o único provedor da família e tem podido usufruir do papel de pai, permanecendo mais tempo com a criança e assumindo papéis antes delegados às mulheres.

Fonte:Bolsa de Mulher - www.bolsademulher.com



Escrito por Lourdes às 17:24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Pensamento do Dia

"Não faça da sua vida um rascunho, pois pode não dar tempo de passar a limpo"

André Rossato



Escrito por Lourdes às 12:20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Mulheres, cuidados básicos com as pernas

Uma depilação competente ajuda horrores e a esfoliação também. Para a esfoliação, tente hidratante com açúcar, antes do banho, uma vez por semana, auxilia os pelos a não encravarem muito e ainda deixa a pele macia.
Caminhadas e alongamentos fortalecem e deixam as pernas flexíveis. Está bem, você não tem tempo, ninguém tem. Mas se você abrir uma brecha no seu dia, trinta minutos não vão fazer muita falta, e para suas pernas vão fazer bastante diferença.
Um autobronzeador nesta altura do ano, principalmente nas cidades mais frias, também pode resolver aquela cor "branquela", que não favorece nada. Hoje existem ótimos produtos no mercado. Para quem tem problema de varizes ou vasinhos, ficar 20 minutos com as pernas para cima é muito bom. Tente não dobrar demais as pernas na altura dos quadris, pois dificulta a circulação.
E um hábito que você deve adquirir: hidratante todos os dias depois do banho: a pele fica brilhante, hidratada e com jeito de bem cuidada. E água, amiga, muita água.
Os homens também podem e devem abusar dos hidratantes e cuidados com as pernas!



Escrito por Lourdes às 11:31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



É isso, NUNCA desista...NUNCA!

Desenho: Tais T. Barbosa



Escrito por Lourdes às 19:47
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Esse é clássico....

Coisas que a vida ensina depois dos 40

Amor não se implora, não se pede não se espera...
Amor se vive ou não.
Ciúmes é um sentimento inútil. Não torna ninguém fiel a você.
Animais são anjos disfarçados, mandados à terra por Deus para mostrar ao homem o que é fidelidade.
Crianças aprendem com aquilo que você faz, não com o que você diz.
As pessoas que falam dos outros pra você, vão falar de você para os outros.
Perdoar e esquecer nos torna mais jovens.
Água é um santo remédio.
Deus inventou o choro para o homem não explodir.
Ausência de regras é uma regra que depende do bom senso.
Não existe comida ruim, existe comida mal temperada.
A criatividade caminha junto com a falta de grana.
Ser autêntico é a melhor e única forma de agradar.
Amigos de verdade nunca te abandonam.
O carinho é a melhor arma contra o ódio.
As diferenças tornam a vida mais bonita e colorida.
Há poesia em toda a criação divina.
Deus é o maior poeta de todos os tempos.
A música é a sobremesa da vida.
Acreditar, não faz de ninguém um tolo. Tolo é quem mente.
Filhos são presentes raros.
De tudo, o que fica é o seu nome e as lembranças a cerca de suas ações.
Obrigada, desculpa, por favor, são palavras mágicas, chaves que abrem portas para uma vida melhor
O amor... Ah, o amor...
O amor quebra barreiras, une facções, destrói preconceitos, cura doenças...
Não há vida decente sem amor!
E é certo, quem ama, é muito amado.
E vive a vida mais alegremente...

Artur da Távola


Escrito por Lourdes às 19:22
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Olá Pessoas,

Pensei muito para iniciar esse blog. As idéias brotavam, mas nada que realmente fizesse um "Ahhhhh! É isso!!". Sabia que queria escrever algo que tivesse a ver comigo, da minha história, das pessoas próximas, mas sempre me parecia tão narcisista falar sobre mim. Então, certo dia o "Ahhhh!" chegou. Por que não falar sobre minha tribo, os quarentões? Isso mesmo, pessoas na faixa dos 40 anos ou mais, pessoas que estão felizes como eu ao chegar aos 40 anos, porque gente, é a melhor idade!!! Sei disso...Hoje sou eu mesma, coisas que eram tão importantes há tempos atrás, hoje não fazem nenhum sentido.
Cada minuto precisa ser intenso...cada dia precisa ser vivido...sei que nem sempre estamos bem....coisas acontecem...mas hoje estou madura o suficiente para encará-las. Que venham....estou pronta para o mundo!

GRande abraço!

 



Escrito por Lourdes às 19:15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]